Mindfulness, muito conhecida com uma meditação provinda do Budismo, começou a fazer parte do campo científico nos anos 70, se tornando um método sistemático, protocolado e eficiente para lidar com diversos problemas da atualidade, especialmente no campo da saúde física e mental. Ela já é reconhecida como um tipo de terapia em Psicologia. Você já ouviu falar? Sabe como funciona? Abaixo estarei falando um pouco sobre Mindfulness na Psicologia. Confira!!!

jared-rice-388260-unsplash (1)

Photo by Jared Rice on Unsplash

O treinamento em Mindfulness, busca a atenção plena e o aumento da consciência e da atenção aos nossos atos. Podendo haver mudanças na maneira como agimos, vivemos e nos relacionamos. Tem como objetivo, aumentar o estar consciente e a atenção aos nossos atos, no aqui e agora. É também um exercício de aceitação de si mesmo e de seus sentimentos, sejam eles bons ou ruins. Ele vem para conectar ação e pensamento e nos fazer olhar com mais generosidade e consciência cada uma das nossas sensações, pensamentos e atitudes. Dessa forma, nos libertamos do padrão de respostas automáticas que fazemos sem perceber e ficamos mais atentos e conscientes dos hábitos que determinam nossa maneira de se comportar e de se relacionar com o mundo.

A mindfulness pode ser integrada em Psicologia, independente da abordagem utilizada, apesar de ser mais conhecida dentro da abordagem cognitivo-comportamental, com, por exemplo, técnicas voltadas à observação dos pensamentos. Segundo a psicóloga, Sheila Drumond, diminuir a reatividade diante dos eventos parece ser a grande sacada das terapias baseadas em mindfulness. Trata-se de prestar atenção ao momento presente, sem ficar preso ao passado ou se projetando no futuro. É um treino baseado na conexão “mente-corpo”, que ajuda a observar os seus padrões de pensamentos e de emoções, às suas experiências (boas, neutras ou negativas). Isso poderá mudar a forma como você reage e responde, por exemplo, a situações de stress, sendo um recurso valioso para ficar mentalmente (e fisicamente) saudável.

 yeshi-kangrang-258234-unsplash
Photo by Yeshi Kangrang on Unsplash

Enfim, uma terapia voltada a técnicas de mindfulness, é centrada no presente e traz consciência e atenção em tudo o que fazemos. Aprende-se a aceitar a vida com todas as suas experiências e a observar-se sem crítica, criando espaço para a percepção através da atenção plena. O treino intencional da atenção usa técnicas para se manter centrado e focado, levando a consciência de que pensamentos, emoções e respostas corporais normalmente são ativados de modo inconsciente e natural. Ou seja, nossa mente opera através de pensamentos e de padrões de respostas automáticas que fazemos sem perceber.

Ativar plenamente a consciência te tornará mais calmo e seguro, e, consequentemente, poderá melhorar sua relação consigo mesmo e suas relações profissionais, amorosas e familiares. É possível se tornar mais atento e consciente dos hábitos que determinam nossa maneira de se comportar e de se relacionar com o mundo.

Gostou? Compartilhe e bom proveito!!!
Bruna M. Coelho
Psicóloga CRP 06/145691
IMAGEM DESTACADA: Photo by Jacob Townsend on Unsplash

 

Deixe uma resposta