Já falamos aqui no blog sobre relacionamentos monogânicos e poligâmicos. Mas você sabia que existem vários outros tipos de relacionamento relacionados a poligâmia? Todos eles implicam em relacionamentos com mais de uma pessoa e pode ser chamado de POLIAMOR. Se interessou? No post estarei explicando alguns deles e darei algumas orientações para quem acredita se encaixar nesse tipo de “relacionamento aberto”. Veja só!!!

POLIAMOR – Você já se apaixonou por duas pessoas ao mesmo tempo?

tyler-nix-525388-unsplash.jpg

Photo by Tyler Nix on Unsplash

O conceito de poliamor é baseado no princípio da poligamia e significa “mais de um amor”. É uma relação baseada na aceitação do amor entre três ou mais pessoas, podendo ser entre mulheres, homens ou transexuais. Significa ter mais de um relacionamento duradouro, íntimo, amoroso e sexual ao mesmo tempo com mais de uma pessoa. Claro que com o consentimento e aceitação de todos os envolvidos. O sexo, embora esteja presente, não é o principal da relação. Se você se considera emocionalmente capaz de entrar nesse tipo de relação, podemos chamá-lo de poliamoroso.

Cuidado para não confundir a poligamia com o poliamor. Apesar deles terem a mesma estrutura emocional e a mesma formação, ou seja, uma pessoa tem um relacionamento amoroso e sexual com outras ao mesmo tempo, há uma diferença: a poligamia requer um vínculo legal (ou similar) estabelecido e socialmente aceito. E o poliamor requer apenas a vontade das pessoas do relacionamento, sem nenhum compromisso de vínculo legal. A diferença é como a de um casamento e a de um casal vivendo lado a lado.

FORMAS DE POLIAMOR

Polifidelidade

É o envolvimento de vários relacionamentos amorosos e sexuais, mas apenas entre as pessoas que pertencem a este grupo.

Relações Mono-poli

Onde um dos membros é monogâmico, mas aceita que o outro não é e que este mantenha relações externas.

BLOG POLI

Acordos geométricos

Os acordos geométricos têm esse nome pela alusão que fazem às formas geométricas. Veja alguns:

BLOG UOL

FONTE IMAGEM: tab.uol.com.br/poliamor/

Poligamia

Quando uma pessoa se casa ou cria laços matrimoniais com vários maridos (poliandria) ou várias esposas (poliginia), com o conhecimento de todos os envolvidos.

Relacionamento grupal e camsamento em grupo

O casamento em grupo é aquele onde mais de um homem e mais de uma mulher se sentem parte de uma mesma família, e todos os membros  compartilham a responsabilidade parental em relação a quaisquer das crianças que surgem do casamento. O casamento em grupo às vezes é chamado de “poligamia verdadeira”.

DIFERENÇA ENTRE RELACIONAMENTO ABERTO E POLIAMOR

A principal diferença é que no relacionamento aberto não há amor com a terceira pessoa envolvida. Diferente do Poliamor, como já explicamos no começo deste post.

ORIENTAÇÕES – Como manter um relacionamento aberto ou poliamoroso?

Uma das orientações é ter muita ética e moral para manter relações com várias pessoas de forma satisfatória, sendo essencial total sinceridade com os parceiros para poder viver a experiência de forma plena. 

BLOG IMAGEM

Se você se encontra em uma relação monogânica e gostaria de tentar novos tipos de relacionamentos, converse com seu parceiro para ver o que este pensa a respeito, explique cada um dos relacionamentos poliamorosos que existem, com suas vantagens e desvantagens, e faça-o pensar a respeito. Seu parceiro não precisa responder imediatamente. Tente inseri-lo neste meio aos poucos, com toda a informação que você tiver a respeito, dando ênfase nos privilégios e vantagens que a relação de vocês podem ter com esse novo tipo de relacionamento, mas SEM DEIXAR DE LADO AS DESVANTAGENS que precisam ser conversadas para ver até onde cada um aguenta emocionalmente.

Não se esqueça de passar segurança e expor com sinceridade sua vontade e sentimentos pelo seu parceiro, para que este não pense erroneamente que você não gosta mais dele, ou que ele perderá espaço em sua vida caso algo mude na relação.  Enfim, seja sincero a respeito do que se quer e como se quer desde o primeiro momento, assim não haverá mal-entendidos e ninguém poderá cobrar nada depois.

Lembrando que nem todo mundo é feliz com as mesmas coisas, nem tem a mesma forma de ver e viver as relações. Algumas pessoas são felizes em relacionamentos de casais monogâmicos e o vivem plenamente, e esse pode ser o caso do seu parceiro. Entrar num consenso e compreender até cada um pode ir é essencial para o sucesso de qualquer relacionamento.

Gostou? Compartilhe e bom proveito!!!
Bruna M. Coelho
Psicóloga CRP 06/145691

Deixe uma resposta